teste E-leitura interpretativa – LIDIA (Biblioteca de Atividades Online)

E-leitura interpretativa

Descrição Breve

Podendo ser encarada como uma primeira abordagem à leitura através de leitores de livros digitais (“e-Reader”), esta atividade destina-se a fomentar o envolvimento dos alunos com a literatura, treinando-os para leituras e interpretações expressivas a partir de um conjunto de livros eletrónicos previamente selecionados.

No quadro de uma lógica coerente para fomentar o gosto pela leitura, propomos a realização de um trabalho contínuo, desenvolvido ao longo do ano, em que professores e professores bibliotecários possam trabalhar em conjunto para assegurar a gestão pedagógica dos recursos digitais existentes. Para organizar o ambiente de leitura digital dos seus alunos, sugerimos a utilização do software Kobo, embora possa recorrer a inúmeras outras ferramentas gratuitas, também disponíveis na Internet.

Justificação

A leitura através de leitores de livros digitais pode ser uma boa estratégia para fomentar o gosto pela leitura, sobretudo dos alunos que se mostram mais resistentes a esta prática, uma vez que estes equipamentos possuem características mais interativas.

Entre as funcionalidades mais significativas para a aprendizagem, destacam-se as possibilidades de configuração das fontes e de orientação das páginas, permitindo ajustar o tamanho, o tipo de letra, o alinhamento do texto e outras características em função das necessidades dos alunos. Estas funcionalidades são especialmente importantes para apoiar a aprendizagem e o desenvolvimento da fluência da leitura de alunos com dislexia. Além disso, os leitores de livros digitais mais recentes (como é o caso do Kobo) já têm incorporado um dicionário que pode ser extremamente útil para que os alunos possam encontrar o significado de palavras que não compreendem ou fazer marcas em partes de texto que não entendem, podendo enviá-las por e-mail para o professor, solicitando o seu apoio.

Aprender o quê?

  • Desenvolver o gosto pela leitura.
  • Interpretar obras literárias.
  • Desenvolver a imaginação e a criatividade.

O Kobo é um leitor de livros digitais que permite aos usuários fazer download de livros, permitindo ler todo o tipo de media digital num computador ou dispositivo móvel. Graças a um dicionário incorporado no software, é possível pesquisar o significado de palavras. Para mais informações, clique em https://www.kobo.com/.

Descrição da atividade

Para desenvolver esta atividade, sugerimos que organize previamente uma biblioteca digital no Kobo no início do ano letivo, em colaboração com os professores bibliotecários da sua escola, selecionando livros em formato digital adequados ao nível de desenvolvimento dos seus alunos. Depois, organize os alunos em pequenos grupos e proponha, numa primeira fase, a exploração dos livros existentes na biblioteca digital.

Para isso, incentive os alunos (em grupo) a selecionarem uma das obras para leitura integral a partir da antecipação do assunto com base no título, nas ilustrações, etc. Se esta for a primeira experiência dos alunos com livros digitais, será necessário prever um tempo para que eles possam familiarizar-se com este formato bem como com as funcionalidades oferecidas pelo leitor de livros digitais escolhido (ex. apresentação de página, alinhamento de texto, estilo de transição de página, configurações das fontes, tema de leitura, luminosidade, destaques, notas e partilha de citações).

Escolhida a obra e com o apoio que considerar adequado fornecer-lhes, os alunos planificam as diversas fases do trabalho a desenvolver, elaborando um plano que contemple as tarefas a realizar para a leitura e a interpretação da obra, o tempo para a sua realização e os processos de avaliação do trabalho desenvolvido.

Na prática, depois de lerem os livros, os alunos devem realizar uma interpretação pessoal, podendo transformar, parcial ou totalmente, os textos lidos. Sugere-se que partilhem as diversas interpretações recorrendo, por exemplo, à dramatização ou realizando uma apresentação narrada, tendo como base desenhos elaborados por eles, gravações de vídeo, registos de áudio, etc. Sugerimos, ainda, que ao longo do processo, preveja alguns momentos para que os alunos possam analisar e discutir as diferenças e as semelhanças entre leitura de textos em formato convencional e formato digital, bem como as vantagens e desvantagens na utilização de leitores de livros digitais.

Sequência

  1. Organizar uma biblioteca digital em colaboração com os professores bibliotecários.
  2. Explorar os livros digitais, em pequenos grupos.
  3. Selecionar, em cada grupo, uma obra para leitura integral.
  4. Planificar as diversas tarefas a realizar para a leitura e interpretação da obra, o tempo para a sua realização e os processos de avaliação do trabalho desenvolvido.
  5. Realizar uma interpretação pessoal da obra.
  6. Partilhar as diversas interpretações realizadas.
  7. Análise e discussão das diferenças, semelhanças, vantagens e desvantagens dos textos em formato convencional e em formato digital.

Sugestões & Dicas

Para que a leitura dos livros digitais seja realizada através do computador (ou através de outros dispositivos móveis) necessitará de transferir a aplicação e seguir os passos indicados em http://www.kobo.com/apps. Se propuser a leitura a partir de outro leitor digital, verifique se este oferece recursos que tornem a experiência de leitura mais significativa (ex. realçar palavras, marcar páginas, adicionar notas ao texto,…).

Para selecionar os livros a integrar na biblioteca digital da sua turma, sugerimos que explore o sítio “Internacional Children’s Digital Library” (disponível em http://en.childrenslibrary.org) onde encontrará ao seu dispor mais de 4500 livros digitais em 61 idiomas, inclusive em português, e várias propostas que ajudarão tanto na escolha do livro quanto na planificação de outras atividades. Também encontrará uma coleção de obras integrais gratuitas, em formato PDF e em outros formatos para dispositivos móveis, em temas como literatura, história, música, arte, língua, etc, no sítio da Biblioteca Digital Camões (disponível em http://cvc.instituto-camoes.pt/).

Para familiarizar os alunos mais jovens com a leitura de livros digitais, poderá ser interessante criar atividades que partam da leitura de textos que integrem um sintetizador de voz. Sugerimos que consulte o sítio da “Biblioteca de Livros Digitais” (disponível em http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/bibliotecadigital/) que, além de reunir um conjunto de livros de autores consagrados e aprovados pelo Plano Nacional de Leitura, funciona como uma plataforma de divulgação de textos resultantes das leituras dos livros aí disponibilizados.

Sugerimos ainda que explore o sítio “No Mundo das Fábulas” (http://nonio.eses.pt/fabulas/), que agrega um conjunto de fábulas para leitura e audição, além de propor outras atividades que servem de complemento à compreensão e interpretação dos textos digitais (ex: puzzles, desenhos para colorir,..).

Segurança & Identidade Digital

O software Kobo é seguro uma vez que não envolve a comunicação direta entre utilizadores nem dá acesso a links para outros sítios.

 


logo LIDIA

Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, 2016
Sítio do projeto: lidia.ie.ulisboa.pt

Atividade originalmente elaborada no âmbito do projeto TACCLE2 em 2013
Atividade adaptada por Ana Garcia e revista por Catarina Gonçalves para a Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA em fevereiro de 2016.

CC88x31

Esta atividade pode ser usada, copiada, reproduzida, modificada, publicada e transmitida em todos os tipos de media ou métodos de distribuição já disponíveis ou que venham a ser desenvolvidos, bastando para isso fazer referência aos autores e ao Projeto TACCLE2 e à Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA.