teste É o tempo uma ilusão? – LIDIA (Biblioteca de Atividades Online)

É o tempo uma ilusão?

Descrição Breve

Compreender que o mundo e todas as coisas mudam ao longo do tempo é essencial para a compreensão do conceito de “tempo”. As crianças terão a oportunidade de analisar como um “objeto” se transforma ao longo do tempo, seja uma planta crescendo, seja a mudança da sombra durante o dia ou, como no caso desta atividade, uma maçã em decomposição.

Justificação

A visualização de conceitos abstratos como, neste caso, a noção de tempo, permite uma melhor compreensão por parte dos alunos, para além de ser uma boa oportunidade para estímulo da discussão conjunta.

Aprender o quê?

  • Compreender o conceito de “tempo”.
  • Visualizar e analisar o efeito que o tempo exerce num material orgânico.
  • Desenvolver a capacidade de argumentação através da participação no debate conjunto.

O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta do sistema operativo Windows que permite realizar apresentações criativas de imagens, fotos, textos e vídeos. Também pode optar por utilizar ferramentas de edição de vídeo, como por exemplo o Windows Movie Maker, em que é possível criar vídeos com efeitos e transições a partir de imagens e fotos. Se não tem acesso a estas ferramentas Windows, uma alternativa pode ser baixar outras com funcionalidades semelhantes, como é o caso das ferramentas oferecidas pelo software livre OpenOffice (https://www.openoffice.org/why/index.html).

Pode também optar por uma ferramenta online gratuita para edição de vídeo como o Animoto.  Esta ferramenta disponibiliza um vasto conjunto de funcionalidades que permitem ao utilizador escolher o tema do vídeo (entre os vários disponibilizados pela ferramenta), importar músicas de fundo, imagens, vídeos (da biblioteca, de redes sociais em que o utilizador esteja registado, de ficheiros no seu computador) e adicionar pequenos textos. Para além de permitir partilhar os vídeos criados, permite também descarregá-los para o computador. Está disponível em https://animoto.com/.

Descrição da atividade

Albert Einstein disse: “O tempo é uma ilusão”. Converse com os alunos sobre o que isso significa e sugira-lhes o desafio de tentarem “capturar” o tempo. Explique que vão tirar uma foto por dia de uma única maçã durante um determinado período de tempo. Geralmente uma quinzena é o suficiente para fornecer um bom exemplo, mas 1 mês é ainda melhor. É claro que o tempo de deterioração pode variar em função da temperatura e da humidade.

Coloque a maçã fresca num prato e deixe-a num local onde não seja mexida e que seja fácil fotografar. É melhor deixá-la onde haja luz. Pulverizá-la com água todos os dias pode ajudar o processo. Coloque a máquina fotográfica num tripé e, se possível, deixe-a no mesmo sítio durante todo o período de desenvolvimento da atividade. Se isso não for possível, marque o lugar na mesa, ou no chão, de modo a que seja fácil reposicionar a máquina fotográfica corretamente mais tarde.

O conjunto deve permanecer o mais imóvel possível. É claro, os alunos irão observar a maçã durante todo o processo, mas isso não diminui a surpresa quando assistirem à sequência final. Tire uma foto por dia até que a maçã apodreça. Quando tiverem um conjunto completo de fotos, carregue-as para um computador. Pode exibi-las de várias maneiras. O mais fácil é colocá-las num programa de manipulação de imagens que já esteja disponível no seu computador, a fim de criar uma apresentação da sequência de imagens. Selecione a função automática para mudar os slides a cada segundo, mais ou menos.

Pode conseguir o mesmo efeito em qualquer outro programa de apresentações. Tenha cuidado com o alinhamento das fotos de modo a que a imagem permaneça no mesmo local e não haja uma transição brusca entre elas. Mais tarde, pode diminuir o tempo de transição de modo a que os alunos possam estudar o processo, mas inicialmente é mais eficaz usar uma velocidade mais alta.

No final, volte a questionar os alunos sobre se é o tempo uma ilusão. Esteja preparado, a discussão é muito animada.

Sequência

  1. Debater a natureza abstrata do tempo.
  2. Fotografar diariamente uma maçã até apodrecer.
  3. Carregar as fotos para o computador e criar uma apresentação da sua sequência.
  4. Discutir e refletir sobre a aparente ilusão do tempo.

Sugestões & Dicas

Se quiser acelerar o processo, certifique-se de que a maçã está num local quente e húmido. Um peitoril ensolarado de uma janela sobre um radiador é bom, especialmente se colocar um pires com água em cima do radiador.

Se tirar as fotos por um longo período, vamos dizer 2 meses completos, não é necessário usar todas as fotos tiradas. Basta escolher as que mostram uma mudança ou desenvolvimento significativo. Quanto mais fotografias usar, mais rápida pode ser definida a velocidade de transição entre os slides.

Incentive os alunos a escolher os seus próprios frutos para gravar ao longo do tempo. Pode aproveitar e apresentar os slides de trás para frente e visionar com os alunos o processo em sentido inverso. Pode também ser estimulante partilhar a apresentação online no sítio da escola, no Slideshare ou numa página do Facebook. Se fizer um vídeo publique-o no Youtube.

Aproveite para discutir como as alterações no decorrer do tempo são mais rápidas nos materiais orgânicos, enquanto a matéria inorgânica pode permanecer inalterada por meses, anos, décadas e mesmo milhares de anos.

Pode adaptar esta atividade e criar um mini aterro sanitário na sala de aula. Coloque terra e uma diversidade de materiais orgânicos e objetos inorgânicos juntos numa caixa de plástico transparente. Registe com os alunos as mudanças ocorridas – e o que permanece inalterado – ao longo do tempo. Crie um vídeo destacando as conclusões a que chegaram a respeito da eliminação de resíduos em aterros. Se criar o seu aterro sanitário num aquário usado, pode fazer fotos durante um longo período de tempo. Mas cuidado com o brilho do vidro. Tanques de plástico funcionam melhor.

Segurança & Identidade Digital

Não foram identificados problemas de segurança.


logo LIDIA

Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, 2016
Sítio do projeto: lidia.ie.ulisboa.pt

Atividade originalmente elaborada no âmbito do projeto TACCLE2 em 2013
Atividade adaptada por Mariana Tempera e revista por Catarina Gonçalves para a Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA em fevereiro de 2016.

CC88x31

Esta atividade pode ser usada, copiada, reproduzida, modificada, publicada e transmitida em todos os tipos de media ou métodos de distribuição já disponíveis ou que venham a ser desenvolvidos, bastando para isso fazer referência aos autores e ao Projeto TACCLE2 e à Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA.