teste Os graffiti no nosso mapa – LIDIA (Biblioteca de Atividades Online)

Os graffiti no nosso mapa

Descrição Breve

Nesta atividade, que faz parte de um projeto com mais cinco atividades (“Explorando os graffiti”), os alunos vão investigar os graffiti e a cultura urbana na sua própria localidade, indo para as ruas fotografar alguns exemplos do trabalho dos artistas urbanos que depois irão transferir para o computador, organizar e armazenar num álbum online.

Justificação

Esta é a segunda atividade do projeto “Explorando os graffiti”, um projeto baseado em atividades que incitam os alunos a investigarem e descreverem a sua localidade a partir da perspetiva de rua ou de artistas de graffiti. Estes irão trabalhar para a criação de um pequeno vídeo que transmitirá o ambiente da localidade tal como interpretado, frequentemente, por um dos mais marcantes meios de arte urbana. Neste projeto, que envolve uma sequência de seis atividades (também aqui disponíveis), os alunos são convidados a explorar a edição de vídeo, de imagem, de áudio e partilha online. “Anos de história” é a atividade anterior e “Imagens e imaginação” é a próxima atividade deste projeto.

Faça o download deste mapa para ter acesso a uma visão geral de todos os projetos (oito) que pode explorar com os seus alunos. Com recurso à metáfora de uma rede de metropolitano, todos os projetos estão relacionados entre si e cada projeto constitui uma sequência predeterminada de atividades com uma lógica própria na área das artes.

Aprender o quê?

  • Conhecer o património cultural da localidade.
  • Explorar um novo olhar sobre a sua localidade.
  • Organizar um álbum online.

O Flickr (https://www.flickr.com/) é uma ferramenta online de partilha e armazenamento de imagens, fotografias e vídeos. Os ficheiros podem ser organizados em albúns e identificados com tags (etiquetas), de modo a facilitar a pesquisa do utilizador. Através das opções de privacidade o utilizador define quem pode aceder às suas imagens. É uma ferramenta gratuita mas necessita de registo, ou de uma conta no Yahoo!.

Descrição da atividade

Em grupos de 2-4 alunos, os alunos deverão debater ideias para as áreas a investigar e fotografar. Irão provavelmente lembrar-se de ver graffitis em algum lado mas também deverão pensar noutros locais possíveis como o metro, pontes, etc. (esta será uma maneira de limitar a sua pesquisa para as áreas que podem facilmente visitar e que são seguras – visitar casas abandonadas em zonas problemáticas não é recomendado).

Incentive cada grupo a explorar uma área diferente da cidade. Se necessário, atribua uma área no mapa para cada grupo investigar. Alguns professores preferem dar aos alunos áreas que não lhes são familiares, outros professores optam por deixar os seus alunos procurar no seu próprio bairro – há vantagens óbvias para ambas as estratégias.

Cada grupo deve ter uma ou mais máquinas fotográficas e o próprio professor identificará um aluno responsável pela coordenação desta fase. O coordenador irá decidir como organizar a atividade e decide quem deve executar cada tarefa durante a visita.

Durante a atividade, incentive os alunos a tomar notas das suas impressões, emoções ou quaisquer outras observações, bem como fotografar os graffiti. No fim de cada sessão, pode organizar uma pequena reunião para que eles possam refletir sobre as suas ideias, experiências e sugestões. Garanta que os alunos guardam o seu trabalho num álbum específico no Flickr. Se ainda não tem uma conta no Flickr terá de criar uma, esta irá ajudar a organizar o material em coleções distintas, ou seja, numa coleção/álbum para cada área urbana explorada.

Sequência

  1. Em pequenos grupos de alunos, debater ideias sobre áreas a investigar e fotografar.
  2. Encarregar um aluno em cada grupo para organizar a atividade e delegar tarefas.
  3. Fotografar os graffiti impressões, emoções e outras observações.
  4. Discutir ideias, experiências e sugestões resultantes da atividade.
  5. Guardar o trabalho de cada grupo num álbum específico no Flickr.

Sugestões & Dicas

Pode realizar esta atividade durante as aulas ou deixar os alunos concluí-la como parte do trabalho de casa. Se o fizerem como trabalho de casa, deve garantir que um familiar ou tutor os acompanha. Se forem para a rua durante o horário escolar, os grupos devem ser supervisionados por um professor responsável, cuja função será ficar em segundo plano e garantir a segurança dos alunos, bem como a realização do trabalho.

A atividade pode ser realizada com um grupo de cada vez se isso for mais fácil. Nem todos os graffiti são adequados para os alunos lerem e estudarem! Se tiver alguma dúvida, identifique antecipadamente exemplos específicos para eles visitarem.

No caso de seguir a sequência do projeto “Explorando os graffiti”, este será o momento de passar para a
atividade “Imagens e imaginação”.

Pode também explorar algumas atividades de outros projetos, relacionadas com esta, como é o caso da atividade “Intérprete de arte” (do projeto “Às voltas com museus”) ou da atividade “Ilustrando os nossos contos” (do projeto “Do texto ao cinema”).

Segurança & Identidade Digital

De um modo geral, a utilização das tecnologias digitais que é feita pelos alunos ao longo desta atividade não os coloca perante qualquer risco em termos de segurança. Contudo, será importante ter atenção às opções de privacidade do Flickr, acima de tudo se algumas imagens incluírem os alunos.

 


logo LIDIA

Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, 2016
Sítio do projeto: lidia.ie.ulisboa.pt

Atividade originalmente elaborada no âmbito do projeto TACCLE2 em 2013
Atividade adaptada por Ana Garcia e revista por Catarina Gonçalves para a Biblioteca de Atividades Online do projeto LIDIA em março de 2016.

CC88x31

Esta atividade pode ser usada, copiada, reproduzida, modificada, publicada e transmitida em todos os tipos de media ou métodos de distribuição já disponíveis ou que venham a ser desenvolvidos, bastando para isso fazer referência aos autores e ao Projeto TACCLE2 e à Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA.