teste Rua das estátuas – LIDIA (Biblioteca de Atividades Online)

Rua das estátuas

Descrição Breve

Nesta atividade, que faz parte de um projeto com mais 5 atividades (“Às voltas com museus”) os alunos identificam várias esculturas selecionando algumas para as estudar em detalhe. É uma oportunidade para aprofundar a capacidade de explorar o significado e as mensagens contidas em obras de arte expressando-se através das suas próprias palavras. Com esta atividade, podem também aprofundar o seu conhecimento sobre elementos de arte específicos, por exemplo, a proporção, a perspetiva, a cor e assim por diante. O objetivo desta atividade é investigar esculturas locais e representar a sua história em banda desenhada.

Justificação

Esta é a quarta atividade do projeto “Às voltas com museus”, um projeto de artes visuais onde os alunos são convidados a ir numa ou mais visitas virtuais a alguns dos museus mais famosos do mundo. Eles terão a oportunidade de explorar, apreciar, repensar e recriar obras de arte famosas de acordo com as suas próprias interpretações, aptidões e competências.

O principal objetivo de todo o projeto é que os alunos aprendam mais sobre a pertinência da contextualização da arte 3D e desenvolvam o senso do eu através de criações artísticas em 3D. Enquanto exploram os principais museus do mundo, os alunos são convidados a recriar a arte dos mestres e a identificar a relação entre as artes visuais, o papel dos museus e a história da arte. Os alunos irão também abordar o que a arte (e as suas descobertas) nos dizem sobre a história da humanidade. “Dentro de uma pintura” é a atividade anterior e “Exposição de arte” é a próxima atividade deste projeto.

Faça o download deste mapa para ter acesso a uma visão geral de todos os projetos (oito) que pode explorar com os seus alunos. Com recurso à metáfora de uma rede de metropolitano, todos os projetos estão relacionados entre si e cada projeto constitui uma sequência predeterminada de atividades com uma lógica própria na área das artes.

Aprender o quê?

  • Desenvolver a capacidade de analisar o significado e as mensagens contidas em obras de arte.
  • Desenvolver a capacidade de reconhecer elementos de arte específicos.
  • Conhecer e analisar o contexto em que foram criadas as esculturas locais.
  • Desenvolver a capacidade de expressão.

O Pixton é uma ferramenta que permite a criação de bandas desenhadas, através da combinação de personagens, objetos e cenários variados. É oferecida uma grande diversidade de objetos, cenários e personagens organizadas por temáticas e pesquisáveis com palavras-chave, que se podem customizar quanto às dimensões, cores, expressões, movimentos, etc. Permite ainda publicar as histórias aos quadradinhos construídas e consultar as produções de outros utilizadores. Encontra-se disponível em https://www.pixton.com/br/. Pode optar por utilizar outras ferramentas similares disponíveis online, como é exemplo o Chogger (http://chogger.com/).

O Google é um motor de pesquisa que nos permite pesquisar informação na Internet. A pesquisa de informação é feita através das palavras-chave que descrevem o assunto sobre o qual queremos saber. A sua utilização é gratuita e não necessita de registo. Encontra-se disponível em: http://www.google.pt.

Descrição da atividade

Todas as cidades e localidades terão esculturas públicas históricas ou recentes. Explique aos alunos que a sua tarefa consiste em analisar esculturas locais, descrever a sua história e representar esse trabalho em banda desenhada. Alguns alunos irão certamente lembrar-se de esculturas que viram pela cidade, nomeadamente em praças, jardins ou edifícios públicos. Caso não se lembrem, dê algumas pistas sobre onde podem encontrar essas esculturas, talvez até algumas menos conhecidas.

Cada aluno deve procurar duas ou três esculturas. Depois apresenta-as aos colegas do seu grupo de trabalho e juntos decidem quais querem investigar mais. Eles podem querer escolher várias que estão ligadas por um tema comum, por exemplo, criado pelo mesmo artista ou, talvez, que reflitam eventos ou características da região.

Quando tiverem uma lista de entre 3 a 6 esculturas, devem selecionar imagens que se relacionem com a história que vão contar. Se recorrerem ao Google ou Flickr para usar imagens de outras pessoas, certifique-se de que verificam os termos da licença Creative Commons (http://creativecommons.pt/). Podem também usar fotografias tiradas por si, não havendo assim qualquer restrição sobre a sua utilização. Ao selecionarem as imagens, peça que considerem os quadrinhos como um todo, pois as fotos funcionam melhor quando há consistência na perspetiva, na cor, na qualidade e no tamanho.

Os alunos devem planificar, escrever e desenhar a história no papel e tentar organizá-la em sete cenas ao estilo de banda desenhada. Como sugestão, o primeiro desenho deverá apresentar a cidade ou a instituição onde as esculturas estão. As cenas subsequentes irão delinear a história das obras de acordo com a perspetiva dos alunos. Usando uma ferramenta como o Pixton ou Chogger, eles criam os seus quadrinhos digitais, a fim de contarem a sua história.

Sequência

  1. Procurar duas ou três esculturas locais, apresentá-las ao grupo de trabalho e escolher as que serão estudadas.
  2. Selecionar imagens ou fotografias que se relacionem com a história das esculturas.
  3. Escrever e desenhar a história no papel, organizando-a em cenas.
  4. Criar uma banda desenhada digital sobre a história das esculturas.

Sugestões & Dicas

A atividade também pode ser realizada individualmente ou em pares, mas isso implicará dar mais tempo ou reduzir o número de esculturas/cenas da banda desenhada.

No caso de seguir a sequência do projeto “Às voltas com museus”, este será o momento de passar para a atividade “Exposição de arte“.

Pode também explorar algumas atividades de outros projetos, relacionadas com esta, como é o caso da atividade “Existe um cartoonista em ti” (do projeto “Do texto ao cinema”).

Segurança & Identidade Digital

Certifique-se de que as imagens usadas estão sob a licença apropriada da Creative Commons (http://creativecommons.pt/).


logo LIDIA

Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, 2016
Sítio do projeto: lidia.ie.ulisboa.pt

Atividade originalmente elaborada no âmbito do projeto TACCLE2 em 2013
Atividade adaptada por Mariana Tempera e revista por Catarina Gonçalves para a Biblioteca de Atividades Online do projeto LIDIA em fevereiro de 2016.

CC88x31

Esta atividade pode ser usada, copiada, reproduzida, modificada, publicada e transmitida em todos os tipos de media ou métodos de distribuição já disponíveis ou que venham a ser desenvolvidos, bastando para isso fazer referência aos autores e ao Projeto TACCLE2 e à Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA.