teste Sementes musicais – LIDIA (Biblioteca de Atividades Online)

Sementes musicais

Descrição Breve

Nesta atividade os alunos são estimulados a desenvolver o pensamento musical de forma integrada com a exploração de técnicas e materiais diversificados. Começam por construir os seus próprios instrumentos musicais a partir de materiais recicláveis e, de seguida, investigam padrões de sons usando um software de gravação e edição digital de áudio. Podem registar os processos vivenciados em diferentes tipos de suportes eletrónicos. No final, partilham e disponibilizam as suas criações na Internet.

Justificação

Tratando-se de uma atividade em que os alunos constroem, executam e exploram os sons dos seus próprios instrumentos, o resultado terá um significado muito especial. Além de permitir uma ligação efetiva com conceitos musicais, os alunos beneficiarão da possibilidade de estimular a criatividade (criação do instrumento), aprofundar e mobilizar conceitos científicos (som), e desenvolver procedimentos e técnicas de produção em suporte digital (gravação áudio).

Aprender o quê?

  • Explorar técnicas e materiais diversos.
  • Construir instrumentos musicais.
  • Analisar padrões de som.

O Audacity é uma ferramenta que permite a gravação áudio através de um microfone ou misturador, a edição e digitalização de gravações áudio provenientes de outros meios de comunicação, assim como realizar a captura streaming de áudio. Encontra-se disponível para download em http://www.audacityteam.org/.

Descrição da atividade

Organize os alunos em grupos de 2 a 4 elementos para planificarem e construírem um instrumento musical com materiais recicláveis. Comece por apresentar aos alunos vários tipos de instrumentos de percussão, ressaltando os aspetos que achar convenientes para apoiá-los na escolha do instrumento musical a ser construído.

Selecionado o instrumento de percussão (ex. tambor, maraca, pau-de-chuva,…), cada grupo deve planificar a sua construção e fazer uma lista com todos os materiais necessários. Estabeleça um prazo para os alunos reunirem esses materiais. Na posse do material necessário, os grupos voltam a reunir-se para construir o instrumento selecionado. Durante esse processo, solicite aos alunos que discutam sobre o som produzido pelo instrumento que escolheram e sobre a possibilidade de produzir diferentes sons a partir de movimentos diversos (ex. agitar, bater, arranhar,…).

Finalizada a construção, solicite aos grupos que se organizem para gravar os diferentes sons produzidos pelo seu instrumento utilizando o Audacity, ou outro software de gravação e edição digital de áudio similar. Pode encontrar instruções sobre como usar este software na Atividade 05 – Leitura Gravada.

Concluídas as gravações, utilize o Audacity para apresentar à turma todas as composições. Sem identificar os autores, solicite aos alunos para observarem cada faixa de áudio (padrão blue spiky) e para descobrirem o instrumento responsável por cada traçado. Discuta todas as ideias que surgirem!

Ainda com o auxílio do Audacity, apresente separadamente duas gravações de instrumentos com características bem diferentes e incentive os alunos a tirar algumas conclusões do tipo: quanto “mais alto” for o som, “maior” será o tamanho da linha azul da faixa de áudio (a amplitude).

Os alunos também podem ser estimulados a descobrir porque é que os picos da faixa de áudio estão mais próximos ou mais distantes uns dos outros (a frequência) e a discutir a diferença entre as “partes com pontas suaves” e as “partes pontiagudas”. Sugira aos grupos que construíram os dois instrumentos selecionados, a tocarem-nos ao mesmo tempo (de preferência em diferentes tons). Grave o som produzido e solicite aos alunos que analisem as características dessa faixa de áudio.

Ao longo das diversas fases, permita que os alunos façam o registo das suas vivências em diferentes tipos de suporte eletrónico (ex. gravar o processo de construção do instrumento musical para fazer um tutorial). Quando terminarem as experiências artístico-musicais, podem partilhar e publicar as suas produções, incluindo as músicas criadas, num blog ou no sítio da escola, no Slideshare ou no YouTube.

Sequência

  1. Apresentar diversos tipos de instrumentos de percussão.
  2. Planificar a criação dos instrumentos escolhidos e fazer uma lista com os materiais necessários.
  3. Construir o instrumento de percussão.
  4. Explorar diferentes sons e diferentes formas de os produzir.
  5. Gravar os sons produzidos pelos instrumentos.
  6. Apresentar duas das gravações.
  7. Tocar os dois instrumentos apresentados em conjunto, gravando.
  8. Discutir as observações e publicar os resultados.

Sugestões & Dicas

Poderá criar um estúdio de construção de instrumentos musicais a partir de material reciclado logo no início do ano letivo, pedindo aos alunos para guardarem objetos como rolos de papel, tubos de cartão, caixas de sapatos, caricas, tampas de panelas velhas, colheres de pau, latas, garrafas de plástico, latas de conserva, copos de iogurte, pregos pequenos, contas,pedrinhas, sementes, etc..

Além da possibilidade de cada grupo fazer um tutorial em suporte digital áudio, vídeo ou multimédia, explicando como construir o seu instrumento, também poderá ser interessante construir uma apresentação coletiva para divulgar o conjunto dos trabalhos realizados (visite um exemplo de instrumentos musicais produzidos por alunos romenos em www.youtube.com/watch?v=qqmce-p6VLc).

Segurança & Identidade Digital

Recomendamos uma atenção redobrada na atividade de construção dos instrumentos, especialmente nas tarefas que impliquem a utilização de instrumentos de corte (ex. x-atos) ou outras ferramentas que possam implicar riscos para os alunos. Outro cuidado a ter é com a limpeza dos materiais recicláveis, lembrando aos alunos que estes não devem conter quaisquer resíduos.

Lembre-se também de referenciar os sítios e imagens que utilizar na sua apresentação inicial e reforce a importância desta atitude junto dos seus alunos. Se os alunos utilizarem imagens de si próprios para fazer o registo da experiência vivenciada, deverá solicitar a autorização dos pais ou dos encarregados de educação para publicar e divulgar os seus trabalhos.

 


logo LIDIA

Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, 2016
Sítio do projeto: lidia.ie.ulisboa.pt

Atividade originalmente elaborada no âmbito do projeto TACCLE2 em 2013
Atividade adaptada por Ana Garcia e revista por Catarina Gonçalves para a Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA em fevereiro de 2016.

CC88x31

Esta atividade pode ser usada, copiada, reproduzida, modificada, publicada e transmitida em todos os tipos de media ou métodos de distribuição já disponíveis ou que venham a ser desenvolvidos, bastando para isso fazer referência aos autores e ao Projeto TACCLE2 e Biblioteca de Atividades Online (BAO) do Projeto LIDIA.