teste Tiras de BD em ciências – LIDIA (Biblioteca de Atividades Online)

Tiras de BD em ciências

Descrição Breve

Usar a banda desenhada para motivar os alunos no registo de atividades experimentais pode ser uma boa aposta, pois nem sempre é algo que os alunos gostem muito de fazer. Nesta atividade, os alunos lidam com os conceitos científicos envolvidos, em sequências de instruções práticas, recorrendo a uma ferramenta digital de banda desenhada.

Justificação

A planificação de uma experiência em banda desenhada permite ao aluno reconhecer mais facilmente as diferentes fases desta metodologia científica. Usar a banda desenhada para complementar uma experiência tornará a atividade mais atrativa. Criando uma banda desenhada, os alunos conhecem também uma nova e atraente maneira de apresentar o trabalho sem comprometer o conteúdo curricular obrigatório que já estará envolvido na atividade.

Aprender o quê?

  • Apresentar um trabalho de forma criativa.
  • Registar atividades experimentais.
  • Reconhecer as diferentes fases da metodologia científica.

O Pixton é uma ferramenta que permite a criação de bandas desenhadas, através da combinação de personagens, objetos e cenários variados. É oferecida uma grande diversidade de objetos, cenários e personagens organizadas por temáticas e pesquisáveis com palavras-chave, que se podem customizar quanto às dimensões, cores, expressões, movimentos, etc. Permite ainda publicar as histórias aos quadradinhos construídas e consultar as produções de outros utilizadores. Encontra-se disponível em https://www.pixton.com/br/.

Descrição da atividade

Discuta com os alunos sobre a experiência que irá ser realizada e sobre o suporte, digital, em que irá ser feito o seu registo. Comece por decidir a questão de partida e por planificar com eles as atividades a realizar.

De forma a poder tirar partido posteriormente da ferramenta digital escolhida, trabalhe com os alunos as características de um texto de banda desenhada: balões de fala, caixas de diálogo, tiras, etc.. Discuta com eles as vantagens de usar esse meio, nomeadamente a facilidade em acompanhar a leitura devido à clareza e simplicidade de comunicação e à combinação de imagens com o texto informativo. Se os alunos não estiverem familiarizados com este tipo de texto, recorra à biblioteca escolar e partilhe com eles livros infantis populares escritos em banda desenhada.

Com a ajuda do computador, portátil ou tablet e quadro interativo, pode apresentar a ferramenta selecionada para toda a turma e explorá-la com os alunos, recorrendo, se necessário, a um tutorial que esteja disponível.

Depois disso, peça aos alunos para selecionarem as imagens necessárias e criarem o storyboard da experiência com os balões e caixas de diálogo, acompanhando-os na elaboração dos respetivos textos.

Esta atividade será concluída apresentando o trabalho realizado à turma e discutindo as soluções que cada um criou. Os alunos devem ter a oportunidade de editar ou reelaborar o seu trabalho, se necessário.

Sequência

  1. Discutir com os alunos sobre a experiência que vai ser realizada e sobre o suporte digital que será utilizado.
  2. Decidir a questão de partida da experiência e planificar as atividades a realizar.
  3. Trabalhar as caratetísticas de um texto de banda desenhada e discutir as vantagens da sua utilização.
  4. Partilhar livros populares de banda desenhada.
  5. Apresentar e explorar o Pixton.
  6. Selecionar as imagens para criar o storyboard da experência juntamente com os balões, caixas de texto e conteúdos.
  7. Apresentar o trabalho realizado e discutir as soluções criadas por cada aluno.
  8. Editar ou reelaborar o trabalho, se necessário.

Sugestões & Dicas

Os alunos podem trabalhar nesta atividade em pares, desenvolvendo competências colaborativas, ou individualmente, caso o objetivo seja desenvolver a capacidade de trabalhar de forma independente e autónoma. Como material de apoio à actividade, consulte o link: www.slideshare.net/maryefe/banda-desenhada.

Existem outras atividades nas quais pode utilizar o Pixton tais como criar um diário, contar uma história, resumir diálogos… podem também elaborar uma etiqueta de identificação pessoal em que as crianças escolhem uma fonte, cores, plano de fundo, personagem, descrevem-se, etc… Colocam todas as tiras num recipiente e trocam com os colegas, tentando estes adivinhar de quem é a tira que selecionaram. Também é possível representar qualquer evento sequencial, como por exemplo, a evolução e crescimento de animais ou plantas assim como criar cartazes para anunciar eventos escolares.

Segurança & Identidade Digital

Este é um software online que necessita da criação de uma conta. Tenha em atenção a política da sua escola em relação a esta questão. No caso dos alunos utilizarem imagens selecionadas a partir da Internet, aproveite para trabalhar as questões de direitos de autor.

 


logo LIDIA

Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, 2016
Sítio do projeto: lidia.ie.ulisboa.pt

Atividade originalmente elaborada no âmbito do projeto TACCLE2 em 2013
Atividade adaptada por Ana Garcia e revista por Catarina Gonçalves para o Repositório LIDIA em fevereiro de 2016

CC88x31

Esta atividade pode ser usada, copiada, reproduzida, modificada, publicada e transmitida em todos os tipos de media ou métodos de distribuição já disponíveis ou que venham a ser desenvolvidos, bastando para isso fazer referência aos autores e ao Projeto TACCLE2 e ao Repositório do Projeto LIDIA.