teste Desvendando o código QR – LIDIA (Biblioteca de Atividades Online)

Desvendando o código QR

Descrição Breve

Esta atividade aborda algumas maneiras de usar códigos QR na sala de aula. É uma forma de promover a literacia e pode ser uma boa estratégia para aproximar os alunos da Biblioteca Escolar. O Código QR (abreviação de Quick Response Code) é um tipo de código de barras em 2D, na forma de um quadrado, inicialmente criado para a indústria automóvel no Japão. Tornou-se vulgar nos últimos tempos, sendo seguro que os alunos já o terão visto em diferentes lugares e ocasiões.

Justificação

Esta atividade incentiva os alunos a gostarem de livros, permitindo-lhes também relacionarem o suporte tradicional de leitura com formatos que fazem cada vez mais parte das suas vidas, como é o caso dos recursos em formato digital.

Aprender o quê?

  • Desenvolver o hábito e o gosto pela leitura.
  • Aprender a criar e a usar códigos QR.
  • Relacionar o suporte tradicional de leitura com os recursos em formato digital.

O Kaywa é uma ferramenta online que permite criar códigos QR de modo simples e rápido. É grátis e encontra-se disponível em http://qrcode.kaywa.com/. Pode optar por utilizar outras aplicações online como o Goqr.me (http://goqr.me/) ou o Visualead (http://www.visualead.com/qurify2/pt/). Para fazer a leitura dos códigos QR através de um dispositivo móvel é necessário fazer o download da aplicação através, por exemplo, da play store.

Descrição da atividade

Reúna na sala de aula um conjunto de livros e leituras de referência. Certifique-se de que têm um código de barras na parte de trás. Discuta com os alunos as principais características de um livro (capa, página, coluna, índice, sinopse, conteúdo das páginas, título, autor) e chame a atenção para o código de barras. Questione-os sobre a função dos códigos de barras e introduza o exemplo de QR aproveitando os livros da BE/CRE no caso de já serem aí utilizados.

Explique-lhes que eles próprios podem criar os seus códigos QR para guardar informações sobre os livros que lêem, por exemplo. Será interessante mostrar-lhes como funciona um código QR, a partir de um anúncio numa revista, por exemplo.

Cada criança escolhe um livro favorito que já tenha lido e que conheça muito bem. De seguida, deve procurar informação online sobre o livro, sobre o autor ou sobre a história. Uma entrevista online com o autor, um vídeo relativo à história ou uma página da Wikipedia com informações relevantes sobre o autor do livro são bons exemplos da informação que pode ser encontrada.

Com o projetor ou no quadro interativo, mostre-lhes como encontrar uma aplicação gratuita geradora de código QR e exemplifique como se faz para criar um código específico, por exemplo, para divulgar a página da escola na Internet.

Para tal, é necessário: inserir a ligação da página da escola (URL) no gerador de códigos QR; descarregar o código QR gerado; e guardá-lo no computador em formato de imagem (.jpg ou .png) e com um nome facilmente reconhecível de forma a ser identificado também com facilidade. Os alunos podem então criar os seus próprios códigos, baixá-los, imprimi-los e colá-los no interior das capas dos seus livros. Permita que as crianças digitalizem os códigos QR uns dos outros. Pergunte- lhes de quais gostaram mais e porquê. De acordo com o que aprenderam sobre os livros já digitalizados, peça-lhes para escolherem um livro que gostassem de ler.

Sequência

  1. Reunir um conjunto de livros que apresentem um código de barras.
  2. Discutir as principais características de um livro e questionar a função do código de barras.
  3. Explicar a finalidade e a funcionalidade de um código QR.
  4. Procurar informação online sobre um livro já lido.
  5. Exemplificar como se cria um código QR.
  6. Criar e imprimir um código QR com a informação recolhida sobre o livro e colá-lo no interior da respetiva capa.
  7. Digitalizar os diferentes códigos QR e, através da leitura dos seus conteúdos, escolher um livro para ler.

Sugestões & Dicas

Sugere-se que na primeira vez que fizerem códigos QR, os alunos trabalhem em pares ou em pequenos grupos.

Sugira ligar códigos QR com os trabalhos que os alunos desenvolveram e disponibilizaram online. Podem fazer isso, por exemplo, no caso das atividades deste livro n.º 1 (Criando puzzles digitais) e n.º 9 (Mensageiros blabber). Os alunos podem criar um código QR para o seu quebra cabeças e colá-los nos seus livros de exercícios.

Pode optar por colocar as etiquetas dos códigos QR ligados a informações ou vídeos interessantes nas paredes dos corredores da escola. Este espaço ‘morto’ irá tornar-se um espaço de aprendizagem.

Também pode utilizar o GoogleDocs para criar folhas de questões e folhas de respostas. Os alunos podem, autonomamente, verificar as suas respostas, através do código. Ou utilizar códigos QR para criar “Caças ao Tesouro” ou “Gincanas” envolvendo a sua escola ou comunidade. Um software livre que permite fazer isso facilmente está disponível a partir do Class Tools (http://www.classtools.net/QR/create.php).

Segurança & Identidade Digital

As únicas questões de segurança relacionam-se com as pesquisas na Internet. Aproveite para iniciar esse tema também e certifique-se que a sua escola tem uma proteção de firewall adequada.


logo LIDIA

Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, 2016
Sítio do projeto: lidia.ie.ulisboa.pt

Atividade originalmente elaborada no âmbito do projeto TACCLE2 em 2013
Atividade adaptada por Mariana Tempera e revista por Catarina Gonçalves para a Biblioteca de Atividades Online do Projeto LIDIA em fevereiro de 2016.

CC88x31

Esta atividade pode ser usada, copiada, reproduzida, modificada, publicada e transmitida em todos os tipos de media ou métodos de distribuição já disponíveis ou que venham a ser desenvolvidos, bastando para isso fazer referência aos autores e ao Projeto TACCLE2 e à Biblioteca de Atividades Online do Projeto LIDIA.